sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Portugal a pé


«No dia seguinte, num ermo a uns dois, três quilómetros de Estevais, encontro dois velhos aldeões no campo com um cavalo a puxar uma pequena carroça de metal. Por segundos, pergunto-me como reagirão quando erguer a máquina fotográfica naquela manhã de frigorífico longe de tudo. Peço para fotografar. A senhora, de lenço na cabeça, pega na forquilha e posa com ela na mão, um sorriso delicioso nos lábios. Uns segundos depois, segura a rédea do cavalo. Os últimos rurais no campo e com orgulho.»


Retirado do livro "Portugal a pé" de Nuno Ferreira.

Sem comentários: